7 de mar de 2016

...a filosofia por trás das mulheres que cagam em supermercados...

Não é um traço incomum da modernidade classificar qualquer comportamento desviado da norma como "louco", banido para as margens da sociedade. Mas neste caso, como jornalista, senti que tinha o dever moral de investigar isso. Joguei "pessoas cagando em supermercados" no Google e 10 vídeos apareceram. Em oito deles, os perpetradores eram mulheres — uma maioria digna de exploração. Mas percebi também que como elas são mulheres anônimas capturadas em filmagens granuladas, era impossível rastreá-las. Então apliquei uma abordagem filosófica, me colocando no lugar das cagonas para analisar sistematicamente suas motivações hipotéticas...
A matéria inteira você lê na VICE Brasil: